Fhemig pede que servidores com descontos indevidos no salário informe ao RH da unidade em que trabalha

O Sindicato Único dos Trabalhadores da Saúde (SInd-Saúde/MG) voltou a cobrar da Fhemig o pagamento de atrasados ou descontos indevidos. Há relatos de servidores que não receberam o pagamento do 1/3 de férias e outros com descontos indevidos por erro de homologação de ponto. Para estes casos, a Fhemig orientou que os(as) trabalhadores(as) façam uma solicitação ao Recursos Humanos da unidade hospitalar em que é lotado e encaminhe cópia do pedido de regularização à Fhemig Central.

Ler mais

NOTA DE REPÚDIO: Contra o Projeto de Lei 2.509/21 que propõe a criação do Centro Mineiro de Controle de Doenças, Ensino, Pesquisa e Vigilância em Saúde (CMC)

Os trabalhadores da Funed e da Fhemig foram novamente surpreendidos com envio, na surdina, do substitutivo 01 do Projeto de Lei 2.509/21 que foi protocolado na sexta-feira, 27 de agosto, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) que originalmente propunha a criação do Centro Mineiro de Controle de Doenças, Ensino, Pesquisa e Vigilância em Saúde (CMC).

Ler mais

Veja abaixo decisão da Diretoria Estadual do Sind-Saúde/MG sobre suspensão de dois diretores da entidade

CONSIDERANDO o despacho de julgamento publicado no dia 10/05/2021 determinando a suspensão pelo prazo de 90 dias dos servidores Gilberto Leão Fragoso, Masp 12154027 e Neuza Pereira Freitas , Masp 10910982, ambos lotados no Hospital Julia Kubitschek, em decorrência do descumprimento de deveres funcionais previstos no artigo 216, inciso V, artigo 217, inciso IV e cometimento do previsto no artigo 246, inciso I, todos da lei Estadual n° 869/1952, consoantes razoes aduzidas no citado parecer e o imediato encaminhamento dos autos do presente PAD a Secretaria de Estado de planejamento e Gestão/MG;

Ler mais

Fhemig vai devolver valores de desconto indevido dos salários dos servidores na folha de pagamento de abril

Depois dos protestos dos servidores e das cobranças feitas pelo Sind-Saúde, o governo voltou atrás e a Fhemig comunicou que vai devolver o valor descontado indevidamente nos salários dos servidores nos últimos meses referentes à ajuda de custo. O retroativo será pago em maio, no contracheque correspondente a abril, segundo documento enviado ao Sindicato nesta quinta-feira (15/04). O Decreto 48172 foi publicado pelo governo no dia 07 de abril, fruto da pressão que os servidores fizeram diante dos absurdos cortes de salários. Em comunicado agora, a Fhemig confirma o retorno das regras do benefício e o pagamento retroativo a janeiro dos cortes dos salários feito pela Fundação.

Ler mais

Depois de mobilização dos trabalhadores, governo recua nos cortes de salários dos servidores da Fhemig e Hemominas

Os cortes de salário dos servidores da Fhemig e Hemominas, através de descontos na ajuda de custo, não irão mais ocorrer e luta agora é por pagamento retroativo dos meses passados. O Sindicato Único dos Trabalhadores da Saúde (Sind-Saúde/MG) vinha denunciando os descontos indevidos que em muitos contra cheques chegavam a mil reais cortados do salário, em alguns casos, servidores receberam R$700,00 com os descontos. Nesta quinta-feira (08/04) o governo estadual voltou atrás e publicou o Decreto 48.172 que retoma as regras antigas da ajuda de custo em relação a compensação de horários.

Ler mais