PL 2564 enfrenta lobby das grande cooperativas de saúde

É hora de aumentar a pressão para fazer andar a votação do Projeto de Lei 2564/2020, que institui o Piso Salarial Nacional da Enfermagem e a jornada de trabalho de 30 horas semanais. A mobilização da categoria tem ganhado força e o PL já recebeu apoio da maioria dos senadores. Nos últimos dias, foram realizados protestos em todo o país para defender o Piso da categoria. Em BH, um ato organizado pelo Coren-MG reuniu lideranças, parlamentares, entidades sindicais e trabalhadores da enfermagem que apontaram a urgência de aprovar essa pauta neste momento histórico na vida das pessoas e, em especial, na vida dos técnicos de enfermagem, auxiliares e enfermeiros. O Sind-Saúde esteve presente no ato realizado no Coren-MG e reforçou a importância da valorização da enfermagem através do piso nacional e da redução da jornada de trabalho.

Ler mais

Reforma administrativa destrói serviço público no Brasil e pode ter impacto avassalador

O desmonte da administração pública representado pela Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 32/20 foi alvo de intensas críticas na audiência pública que ocorreu nesta quinta-feira (27/5/21), na Comissão do Trabalho, da Previdência e da Assistência Social da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). A proposta abre caminho forte para a privatização dos serviços públicos – incluindo escolas e hospitais – retira garantias constitucionais, diminui as políticas públicas e aumenta a contratação sem serviço público. O texto é proposto pelo governo Bolsonaro, já teve aprovação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e pode ter impacto nos estados e municípios.

Ler mais

Trabalhadores da Saúde se mobilizam em “Carreata da Enfermagem” pela aprovação do Piso Salarial

Os trabalhadores da Saúde do estado de Minas Gerais, participaram na manhã desta quarta-feira 26/05, em Belo Horizonte, de uma carreata organizada pela própria categoria, para manifestar a favor da aprovação do Projeto de Lei nº 2564 que tramita no Senado Federal, que estabelece um piso salarial para enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem e parteiras das redes pública e privada, e por outras reivindicações, como a regulamentação de uma jornada de trabalho de 30 horas semanais.

Ler mais

Fique por dentro: ALMG vai promover audiência pública para discutir PEC 32 e desmonte do serviço público

Em audiência pública virtual, a Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) vai discutir os impactos da PEC 32, proposta do governo Bolsonaro que pretende desmontar o serviço público brasileiro. O relatório da PEC32 está para ser votado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados e propõe retirar direitos dos 12 milhões de servidores públicos ativos.

Ler mais