SES: Em pauta carreiras

Qui, 12 de Abril de 2018 20:42 0 COMMENTS
Imprimir



Sind-Saúde/MG discute Plano de Carreiras na SES com secretaria de gestão da SEPLAG

12 reunião SES Carreiras CAMG 1

O Sind-Saúde/MG realizou hoje (12/04), na Cidade Administrativa de Minas Gerais (CAMG), uma reunião com a subsecretária de gestão de pessoas da SEPLAG, Warlene Salum, para discutir um importante pleito dos trabalhadores da saúde: o Plano de Carreiras. No encontro de hoje, a pauta foi discutida apenas com representantes da SES para alinhar os pontos específicos da implantação das carreiras na Secretaria Estadual de Saúde. Porém, a reivindicação é de todos os trabalhadores da saúde no Estado. A direção do Sindicato introduziu o assunto fazendo uma leitura dos pontos relevantes já propostos pelo Sind-Saúde/MG, justificando as especificidades quem devem ser levadas em conta para a elaboração de um projeto que contemple as particularidades do órgão.

O Sind-Saúde/MG citou a extensão a todos os servidores da diminuição do tempo exigido para a primeira progressão e promoção, como ponto principal na elaboração. Conforme consta no acordo de greve, o tempo de serviço exigido para a primeira promoção já foi alterado, porém não contempla a todos os trabalhadores uma vez que a decisão é válida apenas para os servidores que ingressaram no concurso de 2008 e 2014 da SES, após a mudança. O prazo para promoção vigente hoje é de 5 anos, não se levando em conta o período de estágio probatório. Ou seja, ao ingressar na saúde pública mineira, o profissional terá sua primeira promoção somente após oito anos de serviços prestados.

O Sind-Saúde deverá organizar a comissão de trabalhadores para discussão com a gestão para o próximo período.


12 reunião SES Carreiras CAMG 2


Com relação à inclusão de trabalhadores no recebimento de benefício, o sindicato trouxe mais uma vez à SEPLAG a necessidade de se estender aos técnicos, enfermeiros e AUGAS, o recebimento da Gratificação por Atividades de Gestão da Saúde (Gages). A proposta do plano de carreiras atualizada pela comissão de estudos de carreiras da SES foi entregue hoje à SEPLAG para ser completado com o estudo de impactos, feito pela superintendência de gestão de pessoas da secretaria. A subsecretária Warlene firmou compromisso de providenciar uma agenda de discussão para a elaboração das carreiras em todo o sistema estadual de saúde.

Outra pauta levantada na reunião de hoje foi ajuda de custo na saúde. O Sind-Saúde/MG levou para a mesa, questionamentos e dúvidas originadas dentro da própria força de trabalho, para que fossem esclarecidas pela SEPLAG. A dúvida mais presente é com relação ao recebimento do benefício para os trabalhadores que cumprem jornada de trabalho de 20 horas. Tanto para os que fizeram concurso para 20 horas quanto para os que, através do artigo 9º da lei 15.462/2005 tiveram a carga horária reduzida de 30 para 20 horas semanais. A proposta do Sind-Saúde/MG dentro deste pleito na discussão com o governo é que sejam criadas alternativas para incorporar também estes trabalhadores no acesso ao benefício.