Vitória dos trabalhadores e usuários do HCM

Sex, 15 de Março de 2019 20:30 0 COMMENTS
Imprimir

Após mobilização de trabalhadores e usuários, Fhemig recua e anuncia que vai reabrir bloco cirúrgico do Hospital Cristiano Machado na próxima segunda (18)

A Fundação Hospitalar de Minas Gerais comunicou nesta sexta-feira (15) afirmando que o bloco cirúrgico do Hospital Cristino Machado, em Sabará, volta a realizar cirurgias a partir de segunda-feira, dia 18/03. O documento com a decisão foi entregue ao Sindicato Único dos Trabalhadores da Saúde (Sind-Saúde/MG) e é resultado de um intenso movimento organizado pelos trabalhadores e usuários da saúde contra o fechamento dos serviços do bloco cirúrgico da unidade.
De acordo com o documento, uma reunião de urgência entre a diretoria do HCM, a diretoria assistencial da Fleming, a procuradoria, a vice-presidência, residência médica da Fundação e os cirurgiões que trabalham no bloco cirúrgico foi realizada na quinta (14). Além do Sindicato, o ofício também foi endereçado à secretaria municipal de saúde de Sabará que mantém uma parte dos recursos do hospital. Veja abaixo o documento:

Oficios bloco01


O Sid-Saúde procurou o diretor do Hospital, representantes da Fhemig e do governo, solicitando intervenção da Secretaria de Estado da Saúde (SES), assim que tomou conhecimento sobre a decisão de suspender os serviços do bloco cirúrgico. Uma manifestação no dia 07 de março marcou a posição da comunidade hospitalar contra o esvaziamento do atendimento da unidade e suspensão das cirurgias.


O Sindicato recebe a notícia da reabertura do bloco com otimismo na luta em defesa do SUS e parabeniza à todos que lutaram para que a população tenha respeitado seu direito à saúde. Além dos trabalhadores e usuários, apoiaram a mobilização movimentos sociais, a Central Única dos Trabalhadores (CUT), vereadores de Sabará e o mandato da deputada estadual Beatriz Cerqueira.

07 03 Assembleia HCM 04

07 03 Assembleia HCM 05

Manifestação no dia 07 denunciou a decisão de fechar o bloco


Pediatras no HJPII
Outra importante conquista da luta sindical é a nomeação de sete pediatras para o Hospital João Paulo II, antigo CGP. Publicado também nesta sexta, a nomeação é fruto da luta para preservar o atendimento às crianças no HJPII. O Sindicato denunciava a falta de médicos e negociava para a nomeação imediata dos profissionais. Também esteve presente em todas as reivindicações para nomear os médicos e evitar a suspensão dos atendimentos da unidade, o diretor da unidade dr. Luiz Fernando.

Nomeacao medico