Raio X da enfermagem mineira

Qui, 09 de Agosto de 2018 20:38 0 COMMENTS
Imprimir

Entidades propõem jornada de debates em todo estado para construir diagnostico da enfermagem em Minas Gerais

08- SemniárioEnfermagem Coren Mesa

“O profissional invisível precisa ser notado”. Foi com este sentimento que foi lançado nesta quarta-feira (08/08) o Seminário Estadual da Força de Trabalho da Enfermagem que irá rodar Minas Gerais para preparar um diagnóstico completo sobre a realidade do dia a dia da categoria no Estado. Promovido pelo Conselho Estadual de Saúde (CES), com apoio das entidades ligadas à enfermagem em Minas Gerais, o lançamento apresentado as estratégias e metodologias para definir uma proposta coletiva para melhorias do trabalho na enfermagem.

Com o mote “Centralidade da enfermagem nas dimensões do cuidar”, o processo de debate vai de outubro até o mês de dezembro. Plenárias regionais irão promover o dialogo dos trabalhadores e usuários do SUS a partir de cinco eixos norteadores. Um Seminário Estadual que será realizado em dezembro com a participação dos delegados eleitos nas etapas regionais fechará o documento. A proposta final será entregue às instâncias de deliberações e à Conferência de Saúde programada para o ano que vem.

O representante do Coren-MG Farley Ribeiro apresentou o roteiro e o cronograma para as séries de plenárias. Farley elogiou a proposta das entidades, protagonizada pelo Conselho Estadual de Saúde (CES), e classificou o processo como ousado e histórico para a categoria. “Essa é uma grande conquista para a categoria. Um projeto coletivo escrito a várias mãos. Se observarmos, veremos que temos mais pontos em comum do que divergência. Precisamos aproveitar a forma da mobilização das entidades envolvidas”, afirmou Farley durante sua apresentação.

08- SemniárioEnfermagem Coren Farley

Além das Plenárias Regionais (veja abaixo as datas e macrorregiões), é possível organizar plenárias livres em ambientes menores e encaminhar o documento produzido em qualquer etapa dos eventos. Essas plenárias livres irão ampliar o debate e podem ocorrer em qualquer momento até a realização do Seminário Estadual, programado para 6 e 7 de dezembro, que terá participação de delegados eleitos nas jornadas anteriores com respeito a paridade. No total serão 13 Seminários Regionais, confira as datas e locais:

Data

Região

Cidade Polo

04 e 05 de outubro

Norte

Montes Claros

15 e 16 de outubro

Jequitinhonha

Diamantina

17 e 18 de outubro

Nordeste

Teófilo Otoni

18 e 19 de outubro

Leste

Governador Valadares

24 e 25 de outubro

Centro

Belo Horizonte

29 e 30 de outubro

Oeste

Divinópolis

 

 

05 e 06 de novembro

Leste Sul

Manuaçu

07 e 08 de novembro

Sul

Pouso Alegre

12 e 13 de novembro

Sudeste

Juiz de Fora

13 e 14 de novembro

Centro Sul

Conselheiro Lafaiete

19 e 20 de novembro

Noroeste

Paracatu

21 e 22 de novembro

Leste Sul

Uberaba

22 e 23 de novembro

Leste Norte

Uberlândia

A metodologia apresentada prevê cinco eixos norteadores de debate para acontecer em cada plenária. As temáticas levam em conta a enfermagem como prática social, envolvendo sociedade no debate, a formação profissional, a legitimidade, o ambiente de trabalho e controle social.

Abertura

Na solenidade de abertura do lançamento do projeto estiveram presentes representantes de todas as entidades que compõem a proposta. A mesa contou com a participação do vice-presidente do Conselho Estadual de Saúde (CES) Ederson Alves da Silva, da presidenta do Conselho Regional de Enfermagem (Coren-MG) Carla Silva, da diretora do Sind-Saúde Eva Alípia, do presidente do Sindicato dos Enfermeiros Anderson Rodrigues, do presidente Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Minas Gerais (Cosems) Eduardo da Silva da diretora do Sindsprev Romelia Rodrigues Lima e o assessor de gabinete da Secretaria de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) Guilherme Meirelles Neto. A diretora do Sindibel Andrea Hermogenes manifestou apoio da entidade sindical e da Central Única dos Trabalhadores (CUT-MG).

08- SemniárioEnfermagem Coren Eva

In memoria

Antes de iniciar o lançamento, os organizadores propuseram um minuto de silêncio em homenagem ao enfermeiro Maurício Vargas que morreu no início da semana após um acidente de trabalho. Ainda durante o evento, representantes da família foram convidados para serem homenageados e apoiados. A presidenta do Coren-MG leu a carta escrita pela esposa de Maurício. Primos de Maurício, que também são da carreira da enfermagem, manifestaram emocionados a importância de lutar por melhores condições de trabalho para a categoria.

08- SemniárioEnfermagem Coren Homenagem