Não aceitamos calote!

Seg, 02 de Abril de 2018 22:40 0 COMMENTS
Imprimir

Sind-Saúde cobra pagamento do governo e convoca categoria para mobilização caso valor integral da ajuda de custo não seja pago

salário-atrasado

Uma onda de revolta atingiu os(as) trabalhadores(as) da saúde nesta segunda-feira (02/04) com a informação que nem a ajuda de custo, acordada para ser pago no contracheque de abril, nem mesmo o valor do vale alimentação foi incluído no pagamento da categoria. Tão logo o Sind-Saúde tomou conhecimento do fato, cobrou do governo o pagamento imediato e um comunicado público para informar a categoria do que havia ocorrido. O Sindicato repudia veementemente o desrespeito com as contas dos trabalhadores. Caso o governo não regulamente o pagamento até quinta-feira (5), o Sindicato convoca toda a categoria para manifestação e pressão contra o atraso desse direito recém-conquistado.

Ao invés de receber a ajuda de custo garantida pela mobilização dos(as) trabalhadores(as) da saúde, a categoria teve seu vencimento diminuído sem receber os R$400,00 do vale-alimentação.

Nas cobranças feitas pelo Sind-Saúde o governo afirmou que a Secretaria da Fazenda fará um comunicado geral para órgãos e vinculadas da saúde. A situação é tão absurda que nem comunicar ao trabalhador o governo teve a dignidade de fazer. O Sind-Saúde reafirma que não aceitará qualquer tipo de golpe para retirar do trabalhador o direito conquistado.

Acompanhe as informações no site do Sindicato. Nossa mobilização é o que nos mantêm fortes.