Atraso nos salários

Sex, 25 de Agosto de 2017 20:22 0 COMMENTS
Imprimir

Servidores da ESP comunicam paralisação a partir de segunda-feira (28) se governo não regularizar pagamento

atrasos na esp

Os(as) servidores(as) da Escola de Saúde Pública (ESP) estão sem receber a segunda parcela do pagamento e planejam paralisação na segunda-feira(28) contra os atrasos dos salários. Sem comunicar aos trabalhadores, governo estadual atrasou a segunda parcela do pagamento de  segmentos do funcionalismo. Há mais de um ano com salários parcelados, os(as) servidores(as) que recebem mais de R$3mil deveriam ter a segunda parcela paga na última quarta-feira(23). Os(as) trabalhadores(as) da ESP foram atingidos e surpreendidos com mais um desrespeito do governo estadual. Sindicato Único dos Trabalhadores da Saúde (Sind-Saúde/MG) comunicou ao governo a decisão de paralisação caso os(as) trabalhadores(as) não recebam.

A informação divulgada pela imprensa é que o pagamento seria regularizado ainda hoje (25). Na saúde, apenas os servidores da ESP e aposentados da SES não receberam seus salários. Questionado pelo Sindicato Único dos Trabalhadores da Saúde (Sind-Saúde/MG), o governo alegou o atraso na ESP devido a mudança da vinculação. A Escola que era vinculada à  Secretaria de Saúde (SES/MG) passou a ser ligada à Secretaria de Governo.

O Sind-Saúde repudia veementemente essa total falta de respeito do governo com os trabalhadores. O Sindicato também esclarece que o governo estadual sequer notificou as representações do funcionalismo sobre o atraso. Ao contrário, o governo Pimentel em nenhum momento abriu espaço para o dialogo e negociação sobre a política salarial e o calendário de pagamento dos servidores.  

O Sind-Saúde exige que a regularização do pagamento de todos(as) os(as) servidores(as).